Os veículos modernos dispõem de um sistema eletrônico cujos componentes vieram substituir os carburadores, a chamada injeção eletrônica. Uma central eletrônica recebe informações de sensores e atuadores distribuídos pelo motor e componentes do carro (velocidade, pressão do ar, temperatura, ar condicionado, direção hidráulica, etc.) e com isto gerencia, numa fração de segundo, frequência e quantidade de combustível a ser injetado na câmara de combustão do motor.

Devido a sua complexidade, o sistema de injeção eletrônica de combustível de seu carro somente deve ser manuseado por profissionais competentes. A manutenção preventiva poderá corrigir a formação de carvão na câmara de combustão, evitando danos ao motor.

Fale Conosco

Nome*

E-mail*

Mensagem*